Trend alert- Brinco solitário.

brincovnether4

Já cansei de comentar aqui a importância dos acessórios e como eles são ótimas armas para comunicar nosso estilo e personalidade. No post “#PFW- Favoritos Inverno 2014/15″ eu já havia mencionado o resgate à moda de um brinco só, mania dos punks e da década de 80. Neste mês, a confirmação chega em centenas de editoriais com propostas diferentes, mas com o brinco solitário sempre presente.

Louis Vuitton e Céline:

brinco3Isabel Marant e Dior foram algumas das marcas que aderiram à proposta para o próximo inverno:

brinco2

Os stylists abraçaram a tendência e ela já é hit absoluto da temporada. Na Bazaar Americana, bem maxi:

brincobazaar

A Vogue holandesa fez a minha interpretação preferida. A foto que abre o post com Karlie Kloss de LV tem aspecto cool e despretensioso. A idéia abaixo é bem moderna:
brincovnetherlandsCabelo preso é uma forma legal de usar e destacar ainda mais a peça. Aqui ela ganha ares étnicos:

brincovnether2

Completando com o apelo vintage do exemplo abaixo:

brincovnether3

Na Purple, influência esportiva:

brincopurpleDocument colocou na capa o delicado modelo ds Dior:

brinco

Vogue América, bem linda e contemporânea. Aqui a idéia é mais artsy:

brincovus

A Bon e os anos 60:

brincobon

Mais uma da Céline, com seus casacos em detalhes de plumas, make levíssimo e o brinco como protagonista:

brincoceline

Finalizando com algumas opções. Variedade para todos os gostos:

brincocorre

Lembrando que, apesar de as marcas estarem vendendo o brinco solitário, nada impede que a gente busque nos nossos acessórios brincos do acervo para testar e se acostumar com a idéia. A Vogue América também sugere comprar um par e dividir com a sua BFF. Independente da sua opção, é um truque de styling válido para incrementar e se divertir com os looks diários.

UPDATE: Duas inspirações fresquinhas direto da Marie Claire americana:

Storemags - Free Magazines Download in PDF for iPad/PC

Storemags - Free Magazines Download in PDF for iPad/PC

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Como usar?, Microtrend, Minimal vs. Maximal

#LFW- Drops Verão 2015.

lfw4

A Milan Fashion Week já está a mil, mas não poderia deixar de comentar aqui sobre minhas coleções favoritas de Londres. Abrindo com Peter Pilotto e um belo refresh em suas estampas digitais. Gostei muito dos materiais usados e dos brocados com veludo e flores neon.

O Glam rock de Tom Ford, essa coleção me lembrou muito a época dele na Gucci e eu adorei:

lfw2

Os trench-coats de Simone Rocha, tenho que confessar que não me emocionei com Burberry Prorsum nesta temporada. As versões de Rocha transparentes e com recortes me encantaram:

lfw3

A cartela que destacava burgundy e os vestidos sexy na medida de Christopher Kane:

lfw5

O minimalismo de Barbara Casasola, super enxergo ela substituindo Francisco Costa na Calvin Klein um dia:

lfw1

Os recortes da Mulberry, um espírito bem “Chloé Girl”que tem me agradado:

lfw6

Estilo camponesa na Marchesa. Lindos vestidos longos com apelo “conto de fadas”:

lfw8Mary Katrantzou e sua alternativa mega atual e moderna para a renda:

lfw9

Fechando com o jardim dark delicado de Erdem:

lfw7

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

#NYFW- Drops Verão 2015.

ny1

A semana de moda de NY chegou ao fim, finalizando assim a primeira “perna” da temporada de Verão 2015 do hemisfério Norte. Influência sportswear, anos 90 (do minimalismo ao clubber), comprimentos midi, utilitarismo e uma cartela de cores não tão colorida, priorizando neutros, terrosos e tons fechados como azul petróleo e vinho foram marcantes. Uma sensualidade velada, com muitas transparências e os shapes bodycons também merecem menção.

A foto que abre o post traz o exército 60´s de Marc Jacobs. Adorei os vestidos longos com essa vibe.

Alexander Wang realizou meu desfile favorito da #NYFW, na primeira parte. A segunda, com estampas, me remeteu ao trabalho de Peter Pilotto e não amei. Mas a primeira parte, com referências atléticas, foi uma bela volta à forma do estilista:

ny10

A elegância austera da The Row me encanta, cartela em tons suaves, fendas e amarrações garantiram sofisticação em nível máximo:

ny11

As flores de Michael Kors: Com um desfile repleto de estampas florais, Kors encantou principalmente pelas saias midi com flores aplicadas. Adorei o combo de saia amarela transparente com cinto caramelo e camisa azul oxford mais alongada. Aliás, um truque de styling que promete é de usar saias transparentes com blazer e camisas mais longas.

ny12

A cartela de cores e a silhueta de Francisco Costa na Calvin Klein collection. O comprimento de calça mais fresh será este modelo cropped e mais largo (quem quiser aderir com mais facilidade deve apostar no salto):

ny2

O glamour utilitário de Ralph Lauren. Tons de khaki, bolsos e verde oliva misturados com laranja e amarelo criaram efeito pouco óbvio. Destaque para as pedrarias que emprestaram toques de luz aos looks:

ny3

Rachel Zoe apresentou um vestido longo de renda que seria um belíssimo vestido de casamento. Também adorei o macacão estilo smoking com detalhe de cinto com tassel:

ny4

As franjas de Proenza Schouler. Sem nenhum ranço western em versão fresh:

ny5

As obras de arte da Delpozo: Shapes arquitetônicos, vestidos que pareciam flutuar e muita leveza:

ny6

O styling sempre esperto da J.Crew:  Estilo boyish que fica super feminino quando usado com sandálias delicadas. A mistura interessante de listras e a combinação de azul petróleo com laraja.

ny7

O duvidoso, mas irresitível Verão da Rodarte. Sei que esta será polêmica, mas amei as parkas, as calças skinny de cintura alta (muito presentes na temporada), os óculos em colaboração com Oliver Peoples, os cintos e o truque de styling da sandália amarrada por cima da calça:

ny8

O Verão sexy de Altuzarra emprestando novos ares às estampas geométricas. Vichy (DVF também aposta neste tipo de quadriculado) e listras com sex appeal:

ny9

Casamento perfeito entre a Versus (marca jovem da Versace) e o genial Antony Vacarello, melhor impossível. Sou fã de longa data de Vacarello, lembram deste post de 2011 “Nome para guardar- Anthony Vacarello”?

ny0

 

Esta semana eu volto para falar da #LFW.

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, NY

Inspirações de beleza- Molhado.

beaute

Apesar de não ser nosso assunto preferido no site, quem quiser saber de beleza só precisa do “Into the gloss”, estava analisando as revistas do mês e este penteado me chamou atenção. Na verdade, fios soltos ganham efeito molhado, mega popular dos anos 90, mas com ares modernos. Abrindo post com Natalia Vodianova, em tons de bronze e usando LV, na Vogue Paris.

Na novíssima capa da Another Magazine, Kate Moss. Inclusive com look plastic da Miu Miu:

another

 

Na Italiana Amica,, acompanhando look Prada:

belezaamicaA The Last magazine aposta no naturalismo total:
belezathelast

Na Vogue Japão, o cabelo para trás com aspecto mais clean (novamente com styling de peças Louis Vuitton):

belezavoguejapan

Na W, o editorial de jóias maravilhoso com o cabelo que é a moldura perfeita para exibir as pedras:

beautew

Encantada com penteado e make:

beautew2Fechando com a Jalouse, e o cabelo bem sleek e vestido  Gucci, mega 60´s:

belezajalouse

Vocês curtem?

Fotos: TFS.COM.

Deixe um comentário

Arquivado em Beleza, Inspirações

Trend watch- I´m with the band.

anitavausJá rolou post no site comentando o estilo de mulheres como Anita Pallenberg, Marianne Faithfull, como pode ser visto aqui: “Trend alert- Groupie”. A tendência continua, desta vez com ênfase nos anos 60 (década querida da temporada) e inspiração em cantoras como Françoise Hardy e com elementos mais cheios de glamour.

Na Vogue Australia, algumas das peças essenciais para quem curte o estilo: Botas de cano longo, chapéu e casaco de pele (fake ou não):

anitavaustNa Vogue alemã, 60´s total, com vestido recatado e cabelos longos. Esse look poderia ter saído direto do closet da Marianne Faithfull:

anitavgerman

A  W também aposta, mas com clima mais dark. Impossível não se sentir intrigada pelas moças de kitten heels e look black total:

bandw

Na Vogue inglesa, o apelo é mais mod e as modelos parecem pertencer ao grupo de melhores amigas de Françoise Hardy:

anitavukNa Vogue Paris, os anos 70 ganham espaço. Camurça, tons terrosos, acessórios marcantes e jeans também são fatores importantes para quem quer incorporar as musas dos músicos:

bandvparis2

A Vogue Paris apresenta a versão noturna deste estilo. Entram brilhos, texturas e muitos acessórios em clima gypset:

bandcvparis

Mais anos 70 na edição holandesa da Vogue:

anitavholandaSofisticação é a palavra de ordem  do styling da The Edit, revista online do Net-a-porter, o chapéu Maison Michel e a fenda no comprimento midi, garantem o resultado:

anitaedit

Para inspirar canções…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Trend alert, Update das tendências

Inspiração- Bazaar UK.

bazuk6

Começando a semana e Setembro, mês que nos traz a Primavera. Nesse espírito, decidi compartilhar com vocês os lindos editoriais da edição Inglesa da Bazaar.

A Harper´s Bazaar inglesa produz imagens incríveis toda edição, com informação de moda, mas também com acessibilidade. O styling sempre tem elementos aspiracionais, porém não se perde em idéias muito conceituais. Fórmula certeira para uma revista de sucesso.

Looks de festa são os eleitos do editorial “Into the woods”. Tons de azul estarão por toda parte, em especial o azul noite e o petróleo.

bazuk5

Também me encantei com o editorial de jóias, chamado de “Rock Goddess”.

bazuk2

Make clean e predominância do P&B e materiais interessantes como couro:

bazuk

Looks simples que garantem a atenção aos acessórios maravilhosos:

bazuk4

Com ousadia e criando belos frames para as pedras poderosas:

bazuk3

Setembro começando bem…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Inspirações

Nome para guardar- Marco De Vincenzo.

MARCO1Marco de Vincenzo chamou minha atenção quando vi um dos seus vestidos no instagram da multimarcas Parisiense Montaigne Market. De couro, com recortes e mistura interessante de texturas, fui rapidamente pesquisar mais sobre ele.

Até lançar sua marca própria em 2009, De Vincenzo era head designer de acessórios da Fendi, graduado pelo IED. Só estas infos, já garantiram meu interesse. Para completar, no início do ano, a LVMH comprou 45% da marca com o objetivo de injetar capital e possibilitar seu desenvolvimento completo, agora ele faz companhia à J.W Anderson e Nicholas Kirkwood, outros criadores jovens que recebem o apoio do conglomerado.

Texturas e padronagens são verdadeiras obsessões de Marco, brilhos também figuram entre seus queridinhos. Todos temas lindamente explorados para o Inverno 2015. O quarto vestido da foto é o tal que me fez querer saber mais de suas roupas:

marco1

Formas geométricas e um apelo feminino intelectual foram fortes em sua coleção de Verão:

marco3

De perto, os detalhes impressionam:

marco7

Os sapatos são um caso à parte, este da coleção Verão 2014 é dos meus favoritos:

Shoes_MarcodeVincenzo_SS14

Um flagra de street style de um dos seus best-sellers:

marco2

O estilo lady-like ganha novos ares graças ao uso de materiais tecnológicos, o estilista sempre busca inovar nos tecidos e formas usadas, mas mantém shapes tradicionais sempre criando resultados originais:

marco4

Uma de suas maiores fãs é sua stylist e amiga, Giovanna Battaglia. Seguidamente ela desfila pelos sites de street style usando seus looks:

marco2

Fechando com foto de Marco na W, em matéria o apontando como um nome para guardar.

marco6

Promessa italiana para o futuro…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em name to watch, Perfil, Sem categoria